Dá pra medir o sono com o celular?

drops__0005--post.png

Se você quer melhorar seu sono, o primeiro passo é medi-lo.

E a forma mais básica, barata e prática de fazer isso é observar como você se sente na manhã seguinte.

Hoje em dia, ainda temos um monte de mitos sobre sono, como: 8 horas são ideais, dormir pouco faz mal, acordar cedo é mais saudável, entre outros.

Na real, o que as pesquisas de ponta nos dizem é que depende da individualidade biológica de cada um e que vale muito mais focar em qualidade do que quantidade.

Aí entra a utilidade de uma medição um pouco mais precisa.

Durante um bom tempo, usei um app chamado Sleep Cycle (disponível para Android e iOS). O grande barato dele é diferenciar as fases do sono (profunda e leve) e as acordadas durante a noite (mesmo aquelas que não percebemos).

É bacana saber disso, pois no sono profundo é onde a energia corporal é mais restaurada, reparos em tecidos são feitos e hormônios importantes são liberados.

O uso é simples: basta abrir o app, colocar o celular na sua mesinha de cabeceira ou embaixo do seu travesseiro e pronto. Se quiser, ele ainda espera a fase mais leve do seu sono pela manhã pra te despertar de uma forma mais suave e otimizada.

Outra funcionalidade legal é uma espécie de diário, onde você insere o que fez ou comeu. O app usa essas informações para criar correlações e te mostrar gráficos.

Você pode ficar sabendo, por exemplo, que nos dias em que ingeriu determinado alimento, a qualidade do seu sono foi prejudicada.


E pra que esse trabalho todo? Pra que melhorar a qualidade do meu sono? - você pode estar se perguntando. Te conto mais em futuros posts!