O que é biohacking?

drops__0012--post.png

Você talvez tenha tido contato com a expressão hacker no cinema. Aquele estereótipo de um nerd, com óculos fundo de garrafa e gosto duvidoso para se vestir, que digitava freneticamente enquanto invadia o sistema de um banco ou governo.

Em computação, um hacker é um programador que busca entender um sistema para explorá-lo de um jeito diferente.

Com o passar do tempo, a ética hacker extrapolou a informática e influenciou comunidades das mais diversas áreas da sociedade.

Um segmento resolveu aplicar estes princípios na biologia e saúde e assim nasceu o biohacking: a busca por entender seu sistema biológico, seu ambiente e realizar intervenções para alcançar objetivos específicos.

Mas, como isso é feito na prática?

Se formos ver bem, biohacking é um nome novo para uma coisa antiga, que o ser humano faz desde sempre.

Ferramentas, próteses, órgãos artificiais, equipamentos eletrônicos, procedimentos estéticos, por exemplo, são frutos desta aspiração por entender e expandir nossas fronteiras biológicas.

O cafezinho que você toma pela manhã para acordar, o antitranspirante para inibir odores, a cervejinha para relaxar, o creme para proteção solar também são exemplos cotidianos disso.

Talvez, um diferencial da comunidade biohacker, seja fazer estas intervenções de uma maneira mais consciente, intensa, frequente e estruturada.

Suplementos para ganho de massa muscular, drogas para ampliação cognitiva, alimentos para induzir a produção de hormônios e neurotransmissores são abordagens químicas bem comuns em biohacking, mas não são as únicas.

Há também quem faça implantes de chips, lentes e sensores no corpo para adquirir habilidades extras como enxergar no escuro, sentir campos magnéticos, entra outras.

Hoje, hackear virou um verbo da moda. Alguns coaches, palestrantes e produtores de conteúdo ensinam como hackear desde seu café da manhã, sua produtividade e até seu estilo de vida e muitos desses ensinamentos fazem uso de estratégias de biohacking.


Entender sua biologia, como seu ambiente te influencia e como você pode manipular seu organismo para atingir seus objetivos, faz do biohacking um aliado poderoso para ter uma vida cada vez mais otimizada.